terça-feira, 2 de dezembro de 2014

TEXTO: O Desfecho da Amizade Colorida

Bom dia, Internauta!


     Não se esqueça de se inscrever no Blog do TVC, no meu canal do YouTube (TVCChannelNews), na minha página do Facebook (Thales Coutinho Vlog/Blog) e no meu grupo do facebook voltado á divulgação científica no geral (Evidence-Based Universe). Inscreva-se também na página da minha empresa "Evolution Capacitação" no facebook (clique AQUI) e no canal dela no Youtube (clique AQUI).
     Compre meu livro: "Impressionantes: A Ciência da Primeira Impressão" clicando AQUI.
     Contribua com meu PATREON clicando AQUI.
     Muito obrigado!
====================



O DESFECHO DA AMIZADE COLORIDA
Thales Vianna Coutinho
Psicólogo (CRP12/10175)
Personal & Professional Coach
thales.coutinho@hotmail.com



     Você já deve ter ouvido falar em "amizade colorida" (ou "Friends with Benefit" - FWB, nos EUA). Basicamente são amigos que, de vez em quando, agem como namorados, mantendo inclusive relações sexuais.
     Muitas pessoas envolvidas nesse tipo de relacionamento têm expectativas diferentes sobre ele. Algumas nutrem a esperança de que ele evolua para um romance autêntico; outras querem manter esse padrão de relacionamento pelo maior tempo possível; e há aquelas que aguardam pelo momento em que a "cor" acabará, e passarão a ser só amigos.
     O fato é que, no mês passado, durante o Encontro da Sociedade de Estudos Científicos da Sexualidade, foi apresentado o primeiro estudo longitudinal que teve como objetivo identificar qual é o desfecho desse tipo de relacionamento.
     Ele foi conduzido através da internet, e as pessoas participavam em dois momentos, sendo que a segunda etapa acontecia um ano após a primeira.
     Basicamente, os pesquisadores concluíram que, após este intervalo de 1 ano, 28% tinham se tornado "só amigos"; 26% continuavam com a "amizade colorida"; 15% tinham se tornado parceiros românticos; e 31% cortaram totalmente a relação com aquela pessoa.
     Além disso, aquelas que tinham a expectativa inicial de passar a ser ser "só amigo", foram as que mais conseguiram atingir esse objetivo; enquanto que as que - no primeiro momento - desejavam que a relação se transformassem num romance, foram as que menos conseguiram atingir este objetivo.
     Citando Justin J. Lehmiller, um dos autores do estudo, e que escreveu o texto de divulgação dele no qual este foi baseado:

"O que estes resultados sugerem é que há muitas formas diferentes de desfecho para a Amizade Colorida; contudo, se você está olhando sua amizade colorida como um meio para iniciar um romance, você precisa pensar novamente porque as chances de isso acontecer são pequenas. E, se você quer manter ao menos algum grau de amizade ou relacionamento com seu/sua amigo(a) colorido(a), a chave parece ser a comunicação".


Referências:
Ioerger, M., Lehmiller, J. J., & VanderDrift, L.E. (2014, November). Can friends who have sex stay friends?: A longitudinal study of “friends with benefits.” Paper presented at the Society for the Scientific Study of Sexuality Conference, Omaha, NE.
Lehmiller, J. J. Can friends who have sex stay friends?. Sex and Psychology (blog). Disponível em: http://www.lehmiller.com/blog/2014/11/24/can-friends-with-benefits-stay-friends


====================
Tenha um dia PLENO!

Um comentário:

  1. Ao passar pela net afim de encontrar novos amigos e divulgar o meu blog, me deparei com o seu que muito admiro e lhe dou os parabéns, pois é daqueles blogs que gostaria que fizesse parte de meus amigos virtuais.
    Se desejar visite o Peregrino E Servo. Leia alguma coisa e se gostar siga, Saiba porém que sempre vou retribuir seguindo também o seu blog.
    Minhas cordiais saudações, e um obrigado.
    António Batalha.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderExcluir